ÚLTIMOS PAGAMENTOS

Diversity (0.0078 BTC) | MoneySMS (13,12€) | ClixSense ($57.53) | FutureTalkers (9,80€) | Diversity Fund (0.00094btc) | NeoBux ($256.13) |Vê todos os comprovativos...
Menu

5 razões que levam os jovens a investir em empréstimos peer-to-peer

O blog oficial da Bondora partilhou recentemente um artigo no qual eu me revi quase na totalidade. Esse artigo debruçava-se sobre a forma como os jovens de hoje olham para o sistema financeiro, apresentando cinco razões que os/nos levam a investir em sites peer-to-peer em detrimento dos bancos.

Desafio-te a ler o artigo e a apontar nos comentários se estás em desacordo com algum dos pontos ou se também te revês neste sentimento!



Empréstimos peer-to-peer (abreviados como P2P), são um sistema que combina pessoas que procuram emprestar dinheiro - devedores - a pessoas que procuram investir e ganhar mais com o seu dinheiro - credores ou investidores. As empresas (como a Bondora ou Raize), oferecem seus serviços para combinar os tomadores de empréstimos com os investidores online, o que permite uma menor sobrecarga e torna as operações muito mais baratas do que as instituições financeiras tradicionais (como os bancos). Isso permite maiores retornos para os investidores e menores taxas de juros para os mutuários. Naturalmente há sempre risco envolvido, pois os tomadores de empréstimos podem falhar os pagamentos. Mas há muitas razões pelas quais os jovens estão optando por investir em empréstimos P2P e nós delineamos alguns deles abaixo.

Jovens preferem evitar os bancos

Como uma geração que atingiu a maioridade durante a crise financeira, tendo-se formado na universidade quando os empregos eram escassos e a dívida dos estudantes era alta, não é de admirar que a geração do milénio desconsidere maciçamente as instituições financeiras tradicionais. As taxas de juros dos bancos tradicionais são dolorosamente baixas, então a opção de investir numa conta poupança ou em títulos não é atraente para quem quer economizar. Mais e mais startups de financiamento ao consumidor estão surgindo à medida que o cenário económico e financeiro continua a mudar e cada vez mais jovens estão optando por encontrar métodos alternativos de investimento que não incluam, ou dependam totalmente, do sistema bancário tradicional.

loan empréstimos p2p peer-to-peer dinheiro empresas online plataforma

Como dito acima, o empréstimo P2P corta o banco da equação. Os mutuários que procuram empréstimos (que normalmente recorrem a um banco), podem contrair empréstimos através de uma empresa de empréstimos P2P. A empresa de empréstimos P2P vai diretamente aos investidores para financiar o empréstimo. Como os serviços de empréstimo P2P são todos administrados on-line, eles têm menores custos indiretos (ao contrário dos bancos), o que lhes permite oferecer retornos mais altos. Por sua vez, os mutuários recebem taxas de juros muito mais baixas do que teriam que pagar nos bancos e são atendidos com critérios muito menos rigorosos.

Empréstimos P2P são mais orientados para a tecnologia

Não só os millennials tendem a desconfiar dos bancos, mas eles acham que seus serviços e sistemas financeiros são ineficientes e ultrapassados, inadequados aos nossos dias. Como uma geração que cresceu na era digital, os jovens são naturalmente mais orientados pela tecnologia do que as gerações anteriores. Dito isso, é óbvio que eles são atraídos mais favoravelmente para setores e serviços orientados pela tecnologia.



A era digital também permitiu uma conexão global, a comunicação entre as fronteiras ficou muito mais fácil e eficiente. O componente on-line dos serviços de empréstimo P2P permite investir e contrair empréstimos além-fronteiras, o que é um atrativo para muitos que buscam expandir seu alcance. Uma interface simplificada e amigável também é muito importante para as gerações mais jovens e é algo que estes esperam encontrar num serviço. Os serviços orientados para a tecnologia também tendem a ser otimizados, mais fáceis e mais eficientes para as necessidades dos jovens, o que leva ao nosso próximo ponto.

Os jovens preferem simplicidade e flexibilidade

Os serviços de empréstimo P2P, como mencionado em cima, são oferecidos principalmente on-line, muitos dos quais oferecem inúmeras opções para automação. Para millennials conhecedores de tecnologia, um serviço “on-line” significa uma facilidade de uso. O processo de concessão de empréstimos já é simplificado pelo corte do intermediário (também conhecido como bancos), e se torna ainda mais simples com opções de automação, painéis de fácil utilização e ferramentas adicionais.



Os jovens têm tudo a ver com flexibilidade, desde as situações de emprego até as decisões financeiras. Os empréstimos P2P não são apenas simples mas também são flexíveis. Aos mutuários é oferecida mais flexibilidade e os credores têm menos restrições do que aqueles colocados em bancos tradicionais. Os investidores também encontram uma grande flexibilidade nos empréstimos P2P em relação a quanto podem ou querem investir, seu tempo de entrada e saída, liquidez de conta e os segmentos de mutuário que desejam segmentar ou evitar. Essa flexibilidade, por sua vez, permite que eles tenham maior controle sobre seus investimentos.

É fácil construir um portefólio diversificado com empréstimos P2P

Com maior flexibilidade surge a oportunidade de maior diversificação. Todo gestor financeiro ou consultor de investimentos sabe da importância de ter um portefólio diversificado e todos nós conhecemos o antigo ditado que nos diz para “não colocarmos todos os ovos na mesma cesta”. A verdadeira e apropriada diversificação pode ser um pouco difícil em vários tipos de investimentos e em várias classes de ativos quando alguém está a começar.



Enquanto os jovens entram no mundo dos investimentos e começam a construir portefólios diversificados, é natural que eles sejam atraídos por empréstimos P2P. O empréstimo P2P permite a diversificação dentro de seu serviço. Em vez de apenas investir em um empréstimo, os investidores P2P podem distribuir seu dinheiro em vários empréstimos diferentes. Dessa forma, se um falhar, eles ainda têm outros investimentos de empréstimo para recorrer. Os investidores P2P também são capazes de investir em diferentes empréstimos com diferentes níveis de risco avaliado e taxas de retorno, empréstimos para diferentes países e empréstimos com diferentes durações. Diferentes níveis de risco, é claro, leva ao nosso último ponto.

Os jovens são menos avessos ao risco e favorecem retornos mais altos

Finalmente pode-se dizer que, tipicamente, os jovens são menos avessos ao risco do que as gerações anteriores. Eles estão dispostos a assumir riscos mais altos para receber retornos mais altos. Ao contrário de seus predecessores (que estavam bem em investir a longo prazo em coisas como imóveis, ouro e património em troca de retornos mais baixos e menor risco). Os millennials não querem amarrar seus fundos em algo que ofereça, na melhor das hipóteses, retornos medíocres. Eles querem que seu tempo e investimentos sejam otimizados e favorecem um risco maior de retornos mais altos em relação à estabilidade. Plataformas de empréstimo P2P geralmente oferecem retornos mais altos do que os métodos tradicionais de investimento, mas há sempre o risco de alguém falhar o pagamento. A flexibilidade e a diversificação dentro da estrutura de empréstimos P2P respondem a isso oferecendo opções de maior risco / maior retorno.



Basicamente as gerações mais jovens não fogem do desconhecido, elas adotam a inovação e a mudança. Embora os empréstimos P2P já existam há algum tempo, ainda são considerados uma novidade no setor financeiro. Por mais que sejam criticados, os millennials tendem a ser pensadores progressistas, criadores de tendências e agitadores da indústria. Por isso é natural vê-los migrando para novas opções de investimento que estão mudando o mundo das finanças. Além de (e talvez por causa), das razões mencionadas acima, os empréstimos P2P são simplesmente uma opção perfeita e fácil para os jovens ganharem experiência e mergulharem no mundo dos investimentos. À medida que mais e mais empresas de tecnologia financeira entendem as mudanças nas necessidades e demandas encontradas entre as gerações mais novas, veremos cada vez mais métodos alternativos de investimento como o crescimento de empréstimos P2P.

Se te sentes jovem mas ainda não experimentaste esta forma de investimento, recomendo que leias o artigo onde apresento as plataforma de empréstimos P2P que estou a utilizar no momento.

Se não te sentes jovem… experimenta também uma plataforma para veres o que andas a perder!

Partilha:

ganha fácil dinheiro ganhar
Sobre o autor deste blog

Chamo-me David mas sou conhecido online por Dav7, nick que utilizo em muitos fóruns. Criei este blog em 2007 para partilhar as minhas dicas para Ganhar Dinheiro na Internet. Quem quiser enfrentar a crise com algum dinheiro extra no fim do mês, veio ao sítio certo!

No Comment to " 5 razões que levam os jovens a investir em empréstimos peer-to-peer "

payza paypal neteller exchangers